Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Breve visão acerca posse de bola

Se jogarmos bem e tivermos sempre a bola não haverá canto, livre ou coisa alguma que nos afete.". "Aqueles que renunciam à posse de bola dizem que são as equipas com posse de bola que mais perdem. Se não transformas o domínio em situações de golo acabas por ser uma equipa que ganha pouco mais que uma ideia." - Sampaoli 

Estas palavras vão de acordo com aquilo que já foi aqui escrito "Qual a diferença entre equipa que domina a posse de bola e dominar o jogo". Aquilo que acredito é que o domínio do jogo é feito pelas ações de qualidade e não apenas pela posse de bola elevadíssima. Se o treinador tem boas ideias para o seu estilo de jogo (em todos os momentos), não importa se a equipa consegue 40% ou 60% da posse de bola. Importa que defenda bem e ataque bem. Porém, ter elevada posse de bola pode ser uma falsa sensação de ter o jogo dominado. Para que a análise da equipa seja correta, devemos ter em atenção a qualidade das suas ações e a razão/causa das mesmas. A elevada posse de bola é: 


  • Uma forma de defender? 
  • Um adversário pouco corajoso para atacar? 
  • Apenas ter a bola? 
  • Capacidade em manter a posse e atacar continuamente?

A ideia de jogo de Sampaoli será, seguramente, ter a bola e fazer proveito disso, à semelhança de Pep Guardiola. Outros não vem o futebol dessa forma. Ter a bola é uma ideia de jogo que agrada a alguns e não a outros. Umas ideias levam a outras e estas complementam-se. Se temos a bola, sabemos que não podemos sofrer golo. Mas como a podemos perder, então devemos estar preparados para a recuperar, impedir a progressão do adversário ou o golo. Existe, portanto, uma relação entre ter a bola e estar preparado para a perder, relação essa que devemos valorizar se queremos ter uma posse de bola elevadíssima e fazer uso qualitativo da mesma. 


Onde temos a bola? Quais os riscos dessa zona? Que podemos fazer com a bola? Se a perdermos, como podemos estar preparados para a recuperar ou impedir a progressão adversária? Como fazemos passar essa ideia aos jogadores? Que exercícios devemos utilizar? 


O que pode levar o treinador ao sucesso são as suas ideias e o seu trabalho, não o simples facto de fazer substituições para agradar aos ignorantes. A posse de bola é uma delas. Porém, como afirma Sampaoli, "aqueles que renunciam à posse de bola dizem que são as equipas com posse de bola que mais perdem.". Certamente que são esses que não tem ideia de como jogar com a posse de bola e sempre que o tentaram, perderam. Ou então não tinham recursos para tal. É verdade que jogar com posse de bola requer jogadores capazes de passar, receber, decidir, construir, criar, etc. Porém, abdicar de uma ideia por completo e ainda questioná-la torna-se um absurdo. Existem excelentes equipas pelo mundo fora, com jogadores capazes de jogar com posse. Se o treinador não tem ideias para fazer uma equipa jogar em posse, então o melhor caminho é mesmo não treinar essa ideia. 


Assine agora e receba todas as novidades por e-mail

E faça download do ebook 72 exercícios para as fases do jogo imediatamente. Clique aqui para saber mais
endereço de email
*
campayn