Oops! This site has expired. If you are the site owner, please renew your premium subscription or contact support.

Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

Alerta aos treinadores: nunca deixem um jogador desorientado no campo

Posted by Valter Correia on March 3, 2013 at 1:55 PM

       Qualquer atleta de desportos coletivos tem várias características que o diferem dos seus colegas e adversários. A diferença entre a capacidade física, técnica, tática e psicológica de cada um atleta coloca-o em vantagem ou desvantagem com os colegas de profissão. Entretanto, mesmo que um atleta seja muito bom em todas essas características, quando é mal orientado pelo seu treinador, não rende o seu potencial máximo e acaba em muitos casos por render menos do que jogadores com características piores, mas bem orientados. Como foi visto na importância da antecipação nos jogadores de futebol, a decisão correta e rápida leva o jogador a fazer um bom resultado, o que acabará por influenciar toda a equipa.




        O que acontece quando uma má decisão é tomada por um:


        Guarda-redes: por ironia, uma má decisão de um guarda-redes termina em metade dos casos em golo. Seja por criar uma grande penalidade para o adversário, seja por desviar a bola para o sítio errado e entregar a um adversário bem posicionado, ou até mesmo por brincar em frente à baliza quando não tem ninguém nas costas para o proteger.

        Defesa: geralmente, os defesas estão mais próximos da própria baliza que outro jogador que não seja o guarda-redes. Um mau passe ou finta estúpida, leva o defesa a perder a bola e até a deixar o avançado adversário de frente a frente com o guarda-redes da equipa.

 

        Médio: com uma posição mais subida no terreno quando comparado com o defesa, os riscos são menores se perder a bola. No entanto, um erro pode entregar a bola ao adversário e este assumir o controlo do momento. Por vezes, os defesas e os médios estão mal organizados, e libertam imenso espaço para o contra-ataque adversário.

        Atacante: para uma bola alcançar as zonas mais avançadas do terreno, é necessário um esforço de toda a equipa. Uma má decisão de um avançado põe em causa todo esse esforço que, por vezes, é um esforço fora do normal. Vários jogadores terminam os jogos desgastados psicologicamente por tanto tentar oferecer uma bola a um avançado que não a soube aproveitar.


        Dicas para que um jogador nunca seja surpreendido


        Quando um jogador é surpreendido, é obrigado a tomar uma decisão muito rapidamente sem sequer ter tempo para avaliar a situação momentânea. E se adversário tomou uma decisão primeiro e já está em movimento, dificilmente o jogador alcançará o adversário a tempo de o impedir de realizar a ação que deseja. Isto quer dizer que um jogador que fica surpreso é um jogador que está com sarilhos. O treinador deve evitar isso nos jogadores:


  • Ensinando-os taticamente: qualquer jogador necessita de reconhecer o que se passa no jogo e saber tomar decisões corretas. Mesmo que o jogador não seja muito criativo, deve pelo menos cumprir a sua função com honra, assim como reconhecer qual é o seu papel no meio da equipa e o que pode falhar na forma de jogar dos seus colegas caso ele falhe também.
  • Treinando-os taticamente: a forma física de um jogador nunca o levará a tomar decisões que possam realmente ser importantes para a equipa. Afinal de contas, os músculos obedecem às ordens que a mente lhes envia. Neste sentido, é necessário que o jogador seja bem treinado e seja sempre o primeiro a tomar uma decisão e a agir. O hábito de pensar bem e pensar rápido eleva a forma competitiva individual.
  • Evoluindo-os taticamente: não existe nenhum jogador que não possa continuar a evoluir, pelo menos enquanto o seu organismo o permitir jogar futebol. Sempre que o seu potencial máximo for atingido, o treinador deve procurar um novo limite para o atleta. Sem esquecer, um atleta deve sempre treinar 110% daquilo que é capaz de fazer.


       A diferença entre um jogador que procura uma solução e um jogador que toma decisões rapidamente


         Precisamos simplificar a forma como funciona a nossa mente para fazer esta distinção. Podemos dividir em duas fases: quando a nossa mente aprende a realizar tarefas e quando a nossa mente pratica as tarefas que aprendeu. Inicialmente, quando estamos a aprender alguma coisa, levamos sempre um pouco de tempo para dar conta dos vários detalhes que essa tarefa compõe, e muitas vezes não conseguimos pensar em mais do que uma coisa de uma só vez. Por outro lado, quando já sabemos fazer essa tarefa, vamos praticá-la com mais eficiência, e é nesse momento que sentimos que estamos a aprender mais depressa. Acontece que em vez de uma decisão, tomamos várias decisões ao mesmo tempo, pois já temos bases fortes e já sabemos o que fazer. Para os jogadores, será muito importante ensinar-lhes a realizar cada uma das ações técnico-táticas, para depois atribuir objetivos às ações técnico-táticas.


         Desta forma, compreendemos o quanto a tática do jogo é importante, mais importante que a forma física, embora precise desta para se manifestar. Ao mesmo tempo, necessita também da técnica e do fator psicológico para se manifestar com qualidade, uma vez que a forma física, a qualidade técnica e o fator psicológico são as características individuais que permitem o individual elevar o rendimento de todo o coletivo.


Artigos recomendados


bet365

Categories: Psicologia e Comunicacao

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

2 Comments

Reply antonio gomes
11:22 AM on May 19, 2013 
adorei!!! Este site acrescenta muito em nossa carreira profissional
Reply Italo
7:01 AM on March 5, 2013 
Olá, Valter. Estou aprendendo cada vez mais com o seu blog. Sou bastante jovem ainda, 15 anos, vou tentar me desenvolver o máximo para ter sucesso. Desde já tenho uma formação preferida, o 4-3-3. Já tenho algumas ideias, e continuo desenvolvendo lendo o seu site. Se der, depois te mando um e-mail com meus pensamentos sobre uma equipe no 4-3-3. Espero que continue atualizando o site por muito tempo.

Quero te fazer um pedido: faça um post contando como devo iniciar uma carreira. Qual o curso, qual a formação acadêmica, e quais os passos para em algum momento ser contratado para ter uma chance de treinar um time profissional.