Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

Tudo sobre as linhas de marcacao

Posted by Valter Correia on December 19, 2012 at 9:30 PM

       Quando o futebol nasceu, o objetivo essencial era marcar golo e o futebol não passava de desarmes e dribles mas, com o tempo, seria necessário um longo processo para o alcançar, que levaria à vitória além do golo. Cada vez mais, as equipas buscam não sofrer golo em vez de o marcar, que leva às ditas equipas a jogar de forma. Para muitos treinadores, uma das formas mais eficazes para organizar uma equipa é o esquema tático, e através dos esquemas táticos, surgem as linhas de marcação.


      O que são linhas de marcação?


        Antes de aprofundar as linhas marcação, vamos compreender que a partir do esquema tático surge a disposição dos jogadores no terreno de jogo, e que a partir da disposição dos jogadores, surge as linhas de marcação. Por exemplo:




        Na figura, o esquema tático 1-4-4-2 tem quatro linhas de marcação e o 1-4-3-3 ou 1-4-1-2-2-1 tem seis linhas de marcação. Assim, as linhas de marcação é uma forma para as equipas se organizarem. Geralmente, as linhas de marcação são associadas ao esquema tático, seja este representado graficamente ou pelos números. Estas linhas são sempre paralelas às linhas de fundo e estão associadas ao guarda-redes, à defesa, ao meio-campo, ao ataque e a todas as disposições de cada setor, como o bem conhecido triângulo alto do 4-3-3, que compõe, por si só, duas linhas de marcação.


       Qual o propósito das linhas de marcação?


        As linhas de marcação não foram criadas ao acaso, pois auxiliam na leitura de jogo. A partir da posição das linhas de marcação, isto é, se os jogadores estão posicionados alto no terreno, as linhas de marcação são altas, e quando estão posicionados em zonas recuadas do campo, as linhas de marcação são baixas, o treinador organiza a posição dos seus jogadores por setor, para que possa atribuir funções individuais.

 

        A função das linhas de marcação no modelo de jogo


        Uma vez que as balizas estão posicionadas nas linhas de fundo, e que os riscos aumentam conforme a bola está próxima ou afastada da própria baliza, as linhas de marcação foram criadas ou distinguidas uma vez que definem a posição da equipa em relação à baliza. Por exemplo, se os jogadores estão posicionados em zonas altas do terreno, significa que a equipa tem as linhas muito subidas; se estão próximos da baliza, significa que as linhas estão muito baixas. Para treinadores com princípios e lógicas de jogo bem definidas, o ideal será manter as linhas de marcação algo afastadas da própria baliza, que representa menores riscos para a equipa.


        A distância das linhas de marcação


        Se por um lado, a posição das linhas de marcação é uma referência, por outro lado, a distância entre essas linhas é também uma referência. Pessoalmente, prefiro que as linhas de marcação sejam próximas, respeitando o princípio específico defensivo da cobertura defensiva, principalmente quando as linhas são recuadas uma vez que, com linhas próximas, prevalece a segurança no seio da equipa.


       O que sucede quando as linhas estão próximas?


         Quando as linhas estão próximas, significa que o princípio da cobertura defensiva foi colocado em prática. Se a equipa tem a posse de bola, os jogadores mais adiantados tem liberdade para trabalhar em métodos ofensivos mais criativos, pois caso percam a posse de bola, o adversário tem pelo menos uma linha em jogo para ultrapassar. Não só o adversário precisa de criar processos eficazes e criativos para alcançar o alvo, como a própria equipa ainda tem o espaço fechado entre a bola e a baliza. Caso a equipa não tenha a posse de bola, os jogadores mais adiantados podem entrar imediatamente no desarme, porque se forem ultrapassados, ainda existem mais linhas de marcação, que diminuem os riscos da equipa sofrer golo. Uma vez que o oponente tem riscos elevados de perder a posse de bola devido à tentativa de desarme, deve criar processos ofensivos mais complexos que o simples drible e se não for criativo o suficiente, não ultrapassará a estrutura defensiva. Por resumo, linhas próximas aumentam a estabilidade defensiva e dão espaço para a liberdade ofensiva criativa.




      O que sucede quando as linhas de marcação estão afastadas?


        Quando as linhas estão afastadas, a cobertura defensiva está ausente, assim como o princípio específico defensivo da concentração demora mais tempo para ser colocado em prática, além dos elevados riscos que acarreta pela ausência das referidas coberturas. Quando a equipa tem a posse de bola e as linhas estão afastadas, ou os jogadores se desgastam imenso a driblar a bola até ao ataque, ou o fazem através de passes longos. Então, o passe longo demora imenso tempo para alcançar o jogador-alvo, tempo esse que o adversário pode aproveitar para tentar intercetar o passe. Logo, o passe longo é arriscado, dados os riscos elevados em perder a posse de bola. Se a equipa está sem posse de bola, os jogadores mais adiantados não tem cobertura defensiva apropriada e o risco em tentar o desarme e ser ultrapassado é muito elevado. Após um jogador sem cobertura ser ultrapassado, o portador da bola pode percorrer o espaço com a bola controlada sem oposição que leva toda a equipa adversária a aproximar-se do alvo.




        Existe ainda a questão do espaço. Através de combinações diretas, combinações indiretas, passes longos e passes em profundidade e mesmo dribles, entre outros processos ofensivos, é relativamente fácil ultrapassar uma equipa inteira que joga com as suas linhas afastadas uma vez que surgem imensos espaços livres conhecidos como espaços entre linhas. Os melhores médios de transição são muito hábeis a explorar este tipo de espaços, e um médio capaz de jogar entre linhas com qualidade, mesmo quando as linhas são próximas, será certamente uma excelente aquisição para a equipa.




        Existem vários métodos para fazer a leitura de jogo e as linhas de marcação é um deles. A distância entre estas linhas e a posição das mesmas no terreno de jogo é um bom método para analisar um jogo, que auxilia imenso os treinadores. A partir das linhas de marcação, detetam-se imensas falhas na organização adversária, principalmente defensivas assim como se encontram referências para organizar a própria equipa.


Artigos relacionados


bet365

Categories: Metodos de Jogo

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

1 Comment

Reply André Lage
3:55 PM on October 30, 2014 
Muito bom texto. O que mais me chama a atenção nas linhas de marcação é como se comportam os laterais. Muitas vezes podemos observar os laterais "rompendo" suas linhas e avançando sua marcação deixando um grande vazio em suas costas. Essa dinâmica é crucial para o sucesso ou o fracasso.