Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Princípio específico de ataque: Mobilidade

Existem várias movimentações realizadas pelos jogadores no terreno de jogo. Uma delas, a desmarcação em ruptura, define-se pela movimentação do atacante nas costas do último defesa, criando instabilidade nas ações defensivas adversárias e aumentando as hipóteses de sucesso no momento ofensivo. Essas movimentações, favorecem igualmente o aparecimento de espaços no jogo, melhorando as condições ao portador da bola, dando sequência na ação ofensiva em direção à meta.

Através do princípio específico da mobilidade, os jogadores movem-se para espaços importantes que dão apoio à equipa, através da criação de linhas de passe e rutura defensiva. Existem vários aspetos importantes na Mobilidade dos jogadores. Entre a procura de espaços livres, movimentos de desorganização e de complicação da estratégia do adversário, o objetivo fundamental deste princípio é aumentar o ritmo de jogo da equipa para conseguir o equilíbrio desejado.


Sempre colocado em pratica por atacantes sem bola, o princípio específico da Mobilidade é um princípio rigoroso e importante, e deve ser desenvolvido no plano coletivo. Portanto, é necessário que todos os jogadores compreendam as movimentações e deslocamentos dos companheiros em função do posicionamento do portador da bola. Este princípio não é só movimentar-se livremente pelo campo, mas movimentar-se orientado pela organização tática definida pelo modelo de jogo adoptado.

Os tipos de movimentações relativas ao princípio da Mobilidade

Existem dois tipos de movimentações relativas ao princípio da mobilidade. Uma deles designa-se por ações de mobilidade divergente, direcionadas para a linha de fundo, objetivando em abrir linhas de passe, ampliar o campo de jogo em profundidade e largura e/ou destabilizar a defesa adversária. O outro tipo de movimentações designa-se por ações de mobilidade convergente e já não estão direcionadas para a linha de fundo, mas para a baliza.


1.1 Movimentação divergente


Este tipo de movimentação é muito usada no ataque posicional, principalmente para forçar o oponente a abrir espaços. A movimentação de um jogador para uma das faixas laterais, não só cria linhas de passe mais compridas, como obriga o adversário a fazer a marcação para impedir a progressão do adversário. Ao mesmo tempo, aproxima o centro de jogo da linha de fundo, criando assim a hipótese de cruzamentos para a área, que funcionam como uma das armas mais mortíferas do ataque posicional.

1.2 Movimentação convergente


Também conhecido por "Diagonal", este movimento aproxima o centro do jogo das faixas laterais para a faixa central. Eleva o número de opções em frente à baliza, em zonas onde o espaço deve ser cuidadosamente fechado pelo adversário, uma vez que são zonas onde o perigo é maior. Este tipo de movimentação é muito usado em ataques rápidos e contra-ataques, pois o caminho direto para a baliza é o caminho mais próximo e rápido para o objeto-alvo

O sucesso das ações de mobilidade nota-se quando o atleta consegue receber a bola numa situação vantajosa ao ataque e a sua movimentação obriga o defesa a acompanhá-lo, deslocando-o do seu posicionamento da cobertura defensiva. Outro fator de visualização da aplicação deste princípio são os passes para o espaço vazio ou passes a rasgar, tentando criar ameaças ao sistema defensivo do adversário.

Assine agora e receba todas as novidades por e-mail

E faça download do ebook 72 exercícios para as fases do jogo imediatamente. Clique aqui para saber mais
endereço de email
*
campayn