Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

A relacao entre os metodos ofensivos

Posted by Valter Correia on October 30, 2011 at 11:30 AM

       Aqui estudamos três métodos ofensivos diferentes. Estes métodos são os semelhantes ataque rápido e contra-ataque e ainda o ataque posicional. Em relação ao contra-ataque e ao ataque rápido, nota-se que existe uma filosofia de jogo direto, caraterizada pela orientação sistemática dos comportamentos técnicos e táticos em direção à baliza contrária e pela transposição rápida do centro do jogo para a zona de finalização. Essa concepção de jogo exprime uma atitude positiva: jogar para ganhar. É condicionada pela intenção de marcar golos e não pelo medo de perder a posse da bola.


       Em relação ao ataque posicional, está a concepção de jogo indireto, apoiado, de posse de bola. Caraterizada pela preponderância da fase da construção do processo ofensivo, através da progressão da posse da bola em direção à baliza adversáriade forma metódica e trabalhosa. Essa concepção exprime uma atitude negativa - "jogar para não perder" - ou seja, enquanto tivermos a posse da bola, a equipa adversária não pode fazer o golo.

 

       Acontece que essas formas de jogar são formas básicas de organização da equipa. Contudo, nota-se que existe um grande número de processos ofensivos que apresentam caraterísticas de processos diferentes. Ou seja, além dos métodos ofensivos de base, podemos considerar métodos ofensivos compostos:

 

 

  • Contra-ataque passando a ataque posicional;
  • Ataque rápido passando a ataque posicional;
  • Ataque posicional passando a ataque rápido.

 

 

       Em geral, cada equipa usa um dos métodos ofensivos de forma predominante, baseando-se nos níveis de preparação técnico-táticos, físicos e psicológicos. Porém, isso não quer dizer que, com o decorrer do jogo, a equipa não procure ganhar vantagem e/ou eficiência através de outros métodos ofensivos. As grandes equipas de nível elevado recorrem muito a outros métodos ofensivos.

 

       Artigos relacionados

 

Categories: Metodos de Jogo

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

2 Comments

Reply Valter Correia
8:17 AM on September 6, 2012 
~
Johan says...
texto muito elucidativo, entretanto...
as atitudes positivas e negativas deste texto só fariam sentido se empregadas em esportes jogados com a mão, de extrema previsibilidade e de grandes probabilidades de acertos. Assim, a manutenção da posse de bola seria algo extremamente fácil, interrompendo o fluxo do jogo rotineiramente. Penso que o futebol é diferente, pois há variantes que influenciam de forma incisiva, principalmente na posse de bola, a qual só pode estar com uma equipe por tempo considerável quando os jogadores têm grande qualidade técnica. Desta maneira, vejo tal característica de forma positiva, pois em muitos jogos pode até realçar a qualidade do espetáculo, não podendo (em minha opinião) ser tratada de forma negativa.


Olá Johan

Penso que as poucas probabilidades de acerto a que você se refere são as oportunidades de finalização que surgem. Isso origina-se face a um campo grande. No futesal, por exemplo, é um jogo jogado sem mãos, mas com muitas oportunidades de finalização.

Acrescento também que, no meu ponto de vista, posse de bola por tempo considerável só é possível, além da capacidade técnica, também da capacidade posicional.

Apreciei imenso o seu comentário

Abraço
Valter Correia
Reply Johan
6:52 PM on September 1, 2012 
texto muito elucidativo, entretanto...
as atitudes positivas e negativas deste texto só fariam sentido se empregadas em esportes jogados com a mão, de extrema previsibilidade e de grandes probabilidades de acertos. Assim, a manutenção da posse de bola seria algo extremamente fácil, interrompendo o fluxo do jogo rotineiramente. Penso que o futebol é diferente, pois há variantes que influenciam de forma incisiva, principalmente na posse de bola, a qual só pode estar com uma equipe por tempo considerável quando os jogadores têm grande qualidade técnica. Desta maneira, vejo tal característica de forma positiva, pois em muitos jogos pode até realçar a qualidade do espetáculo, não podendo (em minha opinião) ser tratada de forma negativa.