Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

Acoes tecnico-taticas individuais ofensivas: passe

Posted by Valter Correia on October 16, 2011 at 8:05 AM

       Esta ação técnico-tática é comum a todos os jogadores e a todas as equipas, e a ausência de jogadores capazes de a realizar com melhor eficácia tem um peso notável no seio do grupo.

        Chama-se passe, é a ação de comunicação material entre dois jogadores da mesma equipa, objetivada pela progressão da bola em direção à baliza adversária ou de temporizar o desenvolvimento do processo ofensivo, quebrando ritmo de jogo à equipa adversária.

        Como qualquer ação no futebol, o passe tem os seus níveis de eficácia. O mais importante num passe é:


  • a leitura correta das situações de jogo e a visão ampla do espaço, de forma a poder escolher entre as opções mais favoráveis ou o tipo de passe mais adequado.

        Existem vários tipos de passe que podem ser efetuados. Passes longos, curtos, rasteiros, curvos, potentes, em jeito, são tudo tipos de passes que auxiliam na progressão da bola. Dependem essencialmente da posição do recetor e dos adversários, da zona do terreno onde ocorre a situação, da capacidade técnica dos executantes e dos objetivos táticos da equipa.

        É a forma mais rápida e segura de progressão da equipa no terreno de jogo. Portanto, os sucessivos portadores, cada vez que efetuam um passe, devem procurar ganhar a máxima profundidade, e, portanto, existem uma ordem de prioridades que deve ser tomada:


  1.  1ª prioridade: Passar para os espaços nas costas da última linha defensiva;
  2.  2ª prioridade: Passar para o companheiro mais próximo da baliza e que, simultaneamente, está em melhores condições de receber a bola;
  3.  3ª prioridade: Passar em diagonal;
  4.  4ª prioridade: Passar para trás.


  • O passe deve ser sempre precedido de uma simulação
  • Tempo, potência e precisão/direção do passe. Estes são os fatores essenciais do passe, e dependem sempre da colocação e movimentação dos potenciais recetores. Assim, para um passe ser eficaz, deve ser efetuado no momento certo, ou seja, no momento que o recetor tem espaço e está preparado para receber a bola; com uma potência que não cause problemas ao recetor no momento da receção; com uma precisão e direção de tal forma que não obrigue o recetor a ter que modificar a direção ou a velocidade do deslocamento

       Artigos relacionados:


Categories: Acoes tecnico-taticas

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments