Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

A defesa propriamente dita ou Fase I defensiva

Posted by Valter Correia on July 11, 2011 at 5:35 PM

       Após a Fase III e Fase II defensivas, explicamos como funciona a Fase I do processo defensivo. Esta é a Fase menos desejada por treinadores e jogadores, uma vez que, quando ocorre, significa que a equipa adversária está demasiado próxima da baliza e por isso as probabilidades da equipa sofrer golo são maiores. Como as hipóteses da equipa adversária marcar golo são muitas, ambas as equipas fazem muita pressão - a equipa que defende não pode sofrer golo e a equipa que ataca deve aproveitar as poucas oportunidades que tem para marcar golo. Mas existem equipas que adotam esta Fase como fundamental no seu modelo de jogo, uma vez que se aproveitam do enorme espaço deixado pela equipa adversária e que pode ser explorado no contra-ataque.


       Movimentações durante a Fase I defensiva




 

       Vantagens

  1. A bola fica longe da baliza e da pressão adversária
  2. Obriga a equipa adversária a construir o jogo de novo
  3. A equipa ganha tempo para voltar às posições defensivas de base

 

       Desvantagens

  1. A equipa contrária volta a ter a bola rapidamente
  2. É muito provável que a equipa volte a ser atacada
  3. Não assume o controlo do jogo




 

        Vantagens

  1. O adversário tem muito pouco espaço para circular a bola
  2. O adversário é obrigado a procurar soluções mais longe da baliza
  3. A probabilidade de recuperar a posse de bola é maior


       Desvantagens

  1. Significa que a parte decorrente do jogo está a ser controlada pelo adversário
  2. O risco em sofrer remates de longe é elevado
  3. A equipa precisa de percorrer uma distância grande para levar a bola até ao alvo






       Vantagens

  1. A equipa pode voltar às posições de base
  2. Uma vez que a bola sai fora do campo, as substituições previstas podem ser efetuadas
  3. Impede que o adversário recupere a bola em zonas próximas à baliza limitando para pontapés de canto ou lançamentos, quando a equipa já está organizada


       Desvantagens

  1. Entrega a bola ao adversário, que pode assumir o controlo da partida
  2. O adversário também tem tempo para se reorganizar
  3. O adversário pode beneficiar de jogadas previamente estudadas




 

       Vantagens

  1. A equipa mantém a posse de bola depois de a ter recuperado
  2. A probabilidade em fazer a bola chegar a um jogador mais avançado é mais elevada
  3. O adversário é obrigado a retomar posições defensivas quase sempre

 

       Desvantagens

  1. O risco de perder a posse de bola perto da baliza é elevado
  2. O adversário ainda pressiona muito alto
  3. A marcação aos jogadores mais adiantados é fácil, uma vez que estão em desvantagem numérica


        Artigos relacionados

  1. A saída do jogo ou Fase III ofensiva
  2. A criação de situações de finalização ou Fase II ofensiva
  3. A finalização ou Fase I ofensiva
  4. O equilíbrio defensivo ou Fase III defensiva
  5. A recuperação defensiva ou Fase II defensiva


bet365

 

Categories: Teoria Tactica, Processo defensivo e ofensivo

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments