Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

Planificacao, Programacao e Periodizacao do treino

Posted by Valter Correia on May 23, 2011 at 9:30 AM

       O Princípio da Especificidade no futebol indica que um jogador deve ser treinado pelas condicionantes deste desporto, permitindo um feedback e rendimento superior durante uma partida de futebol. Partindo deste princípio, o treinador deve orientar o plantel de  forma a treinar o potêncial máximo dos jogadores. Deve Planificar, Programar e Periodizar o treino.




       1. Planificação


       A planificação analisa, define e sistematiza as diferentes operações inerentes à construção e desenvolvimento dos praticantes ou das equipas. Por outro lado, organiza as operações em função das finalidades, objetivos e previsões, escolhendo-se as decisões que visem o máximo de eficiência e funcionalidade das mesmas. Conhecendo essas etapas, elas são:

  1. Análise da situação;
  2. Organização do processo de treino;
  3. Execução do Programa;
  4. Avaliação e controlo do programa.


       1.1 Análise da situação


        É muito importante perceber e compreender o que acontece no monento o mais rapidamente possível. Analisando todos os detalhes e anotando todas as falhas que surgem ou podem surgirExistem determinados aspectos que o treinador deve ter em conta, tais como:


       1.1.1 Características dos jogadores

  1. Quem são - quais são os jogadores com quem o treinador deve lidar(se são camadas jovens, plantel sénrior, etc);
  2. Como são - que tipo de jogadores tem o plantel (a nível de experiência, técnica, conhecimento futebolístico e tático, etc);
  3. Como estão - se estão prontos fisica e psicologicamente para o tipo de treino que o treinador quer aplicar;
  4. Quantos são - se são muitos defesas, muitos médios ou muitos atacantes, ou se o plantel é demasiado comprido ou reduzido;


       1.1.2 Características do nível competitivo

  1. Característivas da modalidade - vai concorrer numa competiçao a longo prazo ou em várias competições ao mesmo tempo;
  2. Características do quadro competitivo - se os jogos são muito próximos uns dos outros ou se há tempo para treinar algumas caraterísticas que o treinador quer implementar;
  3. Características do adversário - estudar bem o ou os adversários da prova;
  4. Outras caracterizações - outros aspectos que o treinador deve ter em conta.


       1.1.3 Caracterização das condições de trabalho

  1. Recursos materiais - muito ou pouco material à disposição
  2. Recursos humanos - a equipa técnica que o treinador tem à sua disposição;
  3. Apoio logístico - apoio por parte do clube, com fisioterapeutas, massagista, médico, transporte da equipa e plantel, infra-estruturas do clube, material desportivo, entre outros
  4. Recursos económicos - se há apoio financeiro, como ordenados, prémios pelo rendimento, aquisição de plantel, entre outros
  5. Tempo de preparação - o tempo que o treinador dispõe para preparar a equipa para o próximo jogo e para a época


       Uma vez que o treinador já sabe quais são as condições que tem ao seu dispor, passa do diagnóstico para o prognóstico. Vai concluir o estudo sobre os recuros


       1.2.1 Definição dos objetivos

  1. Grandes metas - quais os objetivos que o treinador pretende atingir
  2. Objetivos intermédios - o que procura fazer, não a longo prazo, mas a curto prazo, como treino semanal, introdução de principios conforme o seu modelo de jogo, etc
  3. Hierarquização dos objetivos - fazer uma agenda entre os objetivos a cumprir primeiro e os objetivos a cumprir depois


       1.2.2 Definição dos principios orientadores do trabalho

  1. Fundamentos teóricos (aspetos técnico-táticos, de formação, biológicos, psicológicos, etc...)


       2 - Organização do processo de treino


       Agora que o treinador já sabe o que tem ao seu dispor, no que diz respeito a recursos e objetivos, deve aplicá-los. Deve estruturar o treino baseado nas indicações seguintes

  1. Periodização do treino - a forma como vai estruturar o treino;
  2. Definição de conteúdos, métodos e meios - quais são os conteúdos que o treinador deve aplicar;
  3. Dinâmica das cargas - a carga de trabalho que o treinador vai aplicar durante o treino;
  4. Fatores de treino - que razões o levam a aplicar determinados métodos de treino;
  5. Avaliação de conteúdos - avaliar os resultados do referido treino;
  6. Meios de apoio - a função de cada membro da equipa técnica e de cada membro do clube;
  7. Quadro necessidades - perceber o que faz falta para um trabalho bem realizado.





       3 Execução do programa

 

 

       3.1 Cronograma

 

  1. Calendário com sessões de treino e competições

       3.2 Sessões de treino

  1. Plano anual
  2. Mesociclos
  3. Microciclos;
  4. Unidades de treino;
  5. Observações e registo;
  6. Análise do treino

     3.3 Competições:

 

  1. Observações e registo;
  2. Análise da competição



       Segue-se o estudo da Periodização no futebol, que distingue entre periodização convencional e periodização tática.


       Artigos de interesse na categoria Treino:




Categories: Treino

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

1 Comment

Reply bruno
3:14 PM on May 17, 2013 
quero dar os parabéns ao fundador e a quem coopera neste site...está fantástico...gostava só que publicassem uma folha de registo plano anual, Mesociclos, Microciclos, Unidades de treino, Observações e registo de Análise do treino. um novato nestas andanças não tem a plena noção de como realizá-lo. mais uma vez muitos parabéns.