Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

O conceito de pressing

Posted by Valter Correia on March 14, 2011 at 5:15 PM

Boas

Após um post acerca da diferença entre pressão e pressing, deixo agora este, aprofundando o pressing.


Vamos lá então.


Segundo o seu criador, Rinus Michels, o "Pressing" é uma ferramenta táctica, cujo objectivo é actuar intensamente sobre o adversário para recuperar a posse de bola e impedir a iniciativa de jogo do mesmo.


Se o "pressing" for bem sistematizado e preparado durante os treinos, a equipa vai ocupar racionalmente todos os espaços próximos à bola. Assim, o adversário vê o número de linhas de passe reduzidas e o espaço de jogo muito suprimido. Podemos usar o Barcelona como exemplo. Em vários momentos de jogo, até dá a impressão que a equipa tem praticamente o dobro dos homens em relação ao adversário.


O Pressing é uma acção defensiva de opressão sobre o portador da bola. A pressão sobre o adversário depende de uma ocupação inteligente e direccionada de todos os espaços necessários. É importante referir que o "pressing" não deve ser feito apenas para impedir que o adversário jogue, mas para que a própria equipa jogue. Portanto, após a recuperação da posse de bola, a equipa deve estar pronta para dar sequência à jogada, ao invés de simplesmente perder a bola.


Existem três variáveis neste conceito:

  1. Espaço: refere-se à região ou sector do campo onde a acção é realizada ou iniciada;
  2. Tempo: refere-se ao momento em que se deve iniciar a pressão, se numa transição, se num passe, etc;
  3. Referência: elemento de jogo que orienta a pressão, se é um jogador, a bola, etc;

Estas três variáveis são importantes para compreender a acção de pressionar. Independentemente do referencial, a capacidade de pressing depende do nível de compreensão dos jogadores têm sobre o jogo. Essa compreensão acerca da lógica de jogo depende dum processo pedagógico de treino, com complexidade crescente e actuando conforme o conhecimento do grupo de atletas.

O "pressing" é um símbolo de futebol moderno. Existe uma teoria em que, para pressionar bem, a equipa têm de pressionar alto. No entanto está errado. O Pressing pode ser bem realizado em bloco baixo ou médio.


O Pressing alto


Tudo depende da filosofia de jogo, ideias do treinador, características dos jogadores e do estilo de jogo do adversário. Simplificadamente, fazer pressionar alto significa adiantar linhas e tentar recuperar a bola em zonas adiantadas, evitando que a equipa recue após a sua perda, tentando resgatá-la onde a perdeu.


É comum destacar-se um jogador para exercer o pressing alto numa primeira instância, logo após a perda de bola. Geralmente, são os médios interiores ou médios centro. No entanto, o pressing por si só, não produz nada. Deve pressionar-se para jogar, e não jogar para pressionar. Cada jogador deve saber o movimento subsequente à sua recuperação.


Costuma-se dizer que o pressing construtivo é aquele em que, após a recuperação da posse de bola, a equipa está de frente para o meio-campo contrário, controlando assim o jogo e dando profundidade aos seus movimentos. Já um pressing destrutivo, é aquele que é feito lateralmente, em que, após a recuperação da posse de bola, a equipa está virada para a linha lateral, e apresenta maiores dificuldades em seguir com uma jogada. Neste aspecto, é importante ter jogadores com qualidade táctica a nível de marcação e qualidade técnica a nível de passe.

Pressing é um conceito aplicado ao futebol, digamos, moderno. O Barcelona é o melhor exemplo desta característica, que impede o adversário de ter a bola. Marcar muitos golos não depende dos remates, mas depende mais em ter a bola para efectua-los.


Obrigado a todos,

Valter Correia

Categories: Teoria Tactica

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments