Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

Como encontrar talentos no futebol

Posted by Valter Correia on March 11, 2013 at 3:50 PM

        Nenhum treinador poderá chegar longe se não for capaz de analisar as várias situações que acontecem durante uma partida de futebol. Pode ser um treinador muito bom na vertente de treino, ter uma capacidade fora do comum de moralizar jogadores e até saber investir no futebol e ganhar dinheiro, mas não obterá sucesso se não reconhecer o que está acontecer à equipa durante qualquer jogo de futebol.        Quando analisamos qualquer equipa, reparamos que existem dois pontos muito importantes para fazer a correta leitura de jogo: talento individual do jogador e talento coletivo da equipa. São dois pontos importantes, porque se influenciam entre si e influenciam diretamente no rendimento da equipa, como mostra a figura:


 



        O rendimento do conjunto completo é causado pelo rendimento individual de cada atleta e pelo rendimento das várias ligações que formam um coletivo. Quer isto dizer que o rendimento individual aumenta ou diminui o rendimento do conjunto total assim como uma quebra do rendimento coletivo leva ao sub-rendimento de vários ou todos os jogadores que pertencem à equipa.


        Neste sentido, é importante referir é necessário analisar o rendimento coletivo antes de analisar o rendimento individual para encontrar talentos no futebol. Vários talentos são desperdiçados porque jogam mal nos jogos que são analisados pelos observadores técnicos, uma vez que esses talentos rendem pouco porque a equipa está a jogar mal.


Esta é a primeira lei para encontrar um talento no futebol: Não relacionar o rendimento da equipa com o rendimento individual e observar apenas o rendimento individual.



       Artigos de interesse


        Encontrada a primeira lei, devemos distinguir a posição e/ou função do atleta, de forma a encontrar o exato rendimento e potencial do atleta, Vários jogadores são bastante versáteis e sabem representar várias funções ou ocupar várias posições. No entanto, outros nem por isso, sendo capazes de ocupar apenas uma posição e representar muitas poucas funções relativas a essa posição. Seja versátil ou não, o talento individual pode ser igualmente elevado quando estamos na presença de um talento. Lembro que a versatilidade de um jogador é apenas mais uma característica, não fazendo nenhum jogador melhor que os restantes apenas por ser mais versátil. Muitos jogadores sabem ocupar várias posições, apenas porque a equipa não tinha soluções e necessitou deles adaptados, mas que acabam por render menos do que aqueles que estão habituados a cumprir uma função específica.


        Existem seis grupos globais de características de cada jogador que vários observadores técnicos usam para analisar jogadores. Para compreender cada uma destas características:




 

  • Forma física: qualquer posição exige forma física notável para ser bem ocupada. A forma física adequada ajuda o atleta a apresentar bom rendimento nas várias ações técnico-táticas específicas da posição
  • Capacidade técnica: cada posição ou cada função tem determinadas ações técnico-táticas necessárias para o atleta manifestar rendimento. Por exemplo, uma ação técnico-tática específica de um defesa é o desarme. Os atacantes não necessitam ser tão hábeis quanto os defesas no desarme.
  • Capacidade tática: Por mais elevada que seja a técnica, quando um jogador não a sabe usar em função da equipa, não adianta ter dotes técnicos muito elevados porque não aumenta o rendimento da equipa. Tal como na capacidade técnica, a capacidade tática é diferente de posição para posição.
  • Leitura de jogo: Pessoalmente, considero possível reconhecer a leitura de jogo como uma característica onde a criatividade e a inteligência dos jogadores são observáveis. Através da analise correta do jogo pelo jogador, este saberá como criar jogadas de qualidade para a equipa, aumentando o rendimento de praticamente todos os jogadores.
  • Capacidade psicológica: Esta característica envolve três características diferentes no esquema, pois é a partir da parte psicológica do jogador que este toma decisões para utilizar ações técnico-táticas de qualidade e ler o jogo com fluidez. É também a partir da parte psicológica que observamos o medo de um jogador no momento que sofre um golo e como reage a um resultado negativo.
  • Determinação: Os jogadores mais determinados aumentam substancialmente o rendimento nas restantes capacidades, uma vez que um jogador determinado a vencer a partida vai deixar tudo em campo. Determinação tanto pode ser positiva como negativa, pois um jogador demasiado determinado pode acabar por ser um jogador precipitado e cometer erros graves durante o jogo.


Sendo assim, encontramos a segunda lei para observar um jogador: observar as características individuais de cada atleta. Tais características definem como o rendimento do atleta pode ser usado para influenciar o rendimento da equipa.


        Em cada partida de futebol, intervém vários fatores que influenciam no rendimento dos vários atletas de ambas equipas. Numa partida, tudo pode estar a correr horrivelmente mal, quando na partida seguinte tudo vai correr muito melhor. É muitíssimo importante compreender que uma partida não define qual é o exato potencial nem rendimento de qualquer atleta. Nem várias partidas definem isso. No entanto, quando o observador técnico observa várias partidas de futebol, consegue observar várias situações onde o atleta manifesta as suas características, assim como consegue descobrir outros características também muito importantes, como o momento de forma do jogador, se esse jogador é versátil, se tem um papel fundamental na equipa. Aliás, através da análise de vários jogos de futebol. O observador técnico consegue descobrir se o atleta é bem treinado e se foi bem treinado ou jogador durante alguns anos, porque consegue observar a experiência do jogador quando este enfrenta situações distintas.


Assim, para encontrar um talento de futebol, a terceira lei define que: não é possível encontrar um talento em apenas uma partida de futebol. É necessário observar um jovem jogador durante algumas partidas de futebol, para se aproximar do verdadeiro potencial do atleta.



        Em resumo, temos as três leis para encontrar talentos no futebol:


 

  • Não relacionar o rendimento da equipa com o rendimento individual e observar apenas o rendimento individual.
  • Observar as características individuais de cada atleta. Tais características definem como o rendimento do atleta pode ser usado para influenciar o rendimento da equipa.
  • Não é possível encontrar um talento em apenas uma partida de futebol. É necessário observar um jovem jogador durante algumas partidas de futebol, para se aproximar do verdadeiro potencial do atleta.



bet365

Categories: Observacao e análise

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments