Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

A falta de responsabilidade que o treinador deve evitar nos jogadores

Posted by Valter Correia on January 15, 2013 at 12:00 PM

       Existem várias temáticas envolventes ao futebol que merecem verdadeiros debates sem fim. Uma dessas temáticas, a liderança, envolve inúmeras questões, muitas delas ainda por resolver, mas que são tão importantes como a técnica ou a tática aplicada ao futebol. Verdade seja dita que, quando o treinador é um verdadeiro líder, sabe como transmitir a mensagem correta, assim como orientar os jogadores perante o modelo de jogo definido. Uma das questões que pretendo chamar a atenção, prende-se no facto da rentabilidade de um só jogador, com a sua responsabilidade e autonomia em cumprir a sua função. Por vezes, é mais fácil quebrar o rendimento duma equipa por causa do mau rendimento de um só jogador do que elevar o rendimento desse jogador, pelo simples facto que o baixo rendimento dum jogador possa criar um colapso de toda a equipa. E já vamos perceber porquê.




       Primeiro, a nível psicológico, o que pensa um jogador quando um colega de equipa não rende o suficiente nem se esforça ao máximo? Quando um colega está pouco interessado no jogo ou não assume as suas responsabilidades, o primeiro pensamento de toda a equipa é: "Este jogador não lhe apetece jogar, não se esforça." A maioria dos jogadores, principalmente os jogadores amadores, deixam-se levar por este pensamento negativo, e partem para uma conclusão mais profunda: "Não lhe apetece jogar, mas não vou ser eu a esforçar-me pelos dois." Este pensamento leva a que vários jogadores da equipa não se esforcem, criando mau rendimento de toda a equipa, como um efeito dominó.


        Segundo, a nível tático, a equipa preparou o jogo segundo diretrizes onde todos os jogadores tem um papel fundamental ao cumprir a sua função. Um processo de futebol, para que seja eficiente, engloba pelo menos dois jogadores e está ligado a pelo menos um processo que ocorra antes ou depois. Quando um jogador não cumpre a sua função por falta de esforço ou dedicação, o processo momentâneo será quebrado, o processo anterior a este foi inútil e o processo seguinte não será realizado. Vamos simplificar com três ações: recuperar posse de bola, progredir em direção à baliza e remate, em que cada ação depende de dois jogadores. Se um dos jogadores responsáveis pela transição estiver desconcentrado e não cumprir nem tentar cumprir a sua função, a recuperação de bola só valeu a pena para o adversário perder a sua posse, a progressão resultou em desgaste de vários jogadores com ou sem bola, diminuindo a rentabilidade futura nesse jogo e o remate não chegará a acontecer. Isto é mais que suficiente para não marcar golo mas sim sofrer golo, o que resulta muitas vezes em derrota de toda a equipa, apenas por falta de responsabilidade de um único jogador.

 

        Como deve o treinador resolver este problema?


        Existem várias formas como um treinador pode resolver este problema, embora entre todas as formas, o importante é resolvê-lo rapidamente. Previamente ao jogo ou durante o intervalo, o treinador deve avisar acerca este tipo de descuidos durante a palestra. Assim reforça a concentração individual dos jogadores, evitando percalços inúteis. Existem treinadores que reservam algum tempo para palestras mais longas e completas, usadas como aulas para os jogadores. Uma palestra dedicada especialmente a este assunto, com as causas e problemas caudados pela falta de esforço, será também uma excelente ideia.


        Durante o treino, é também muito importante que o jogador se mantenha concentrado ou pelo menos o tente fazer, de forma a evoluir. Sempre que um jogador estiver desconcentrado, com falta de vontade ou em sub-rendimento por falta de esforço, o treinador deve alertá-lo e orientá-lo. Manter a concentração dos jogadores durante o treino, eleva a capacidade de concentração durante o jogo. O treino não é apenas técnico ou tático, mas mais do que isso, é psicológico.


Artigos relacionados



bet365/imstore.bet365affiliates.com/?

Categories: Psicologia e Comunicacao

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments