Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

Lesoes: Sindrome da banda Iliotibial

Posted by Valter Correia on July 2, 2012 at 4:55 PM

       A banda iliotibial é uma camada densa e fibrosa de tecidos conectivos, que tem origem na espinha Ilíaca Antero superior ou protuberância óssea na região anterior do tronco, e que se dirige para baixo, pela parte externa da coxa. Atravessa o lado externo do joelho e liga-se à parte lateral na parte de cima da tíbia. A síndrome da bandícula iliotibial é uma lesão frequente no joelho do atleta, provocada pela corrida, devido à repetição excessiva dos movimentos de flexão e extensão do joelho. É um tipo de lesão que atinge todo o tipo de atletas, principalmente os praticantes de atletismo. No futebol, também está presente, pois o futebol é praticado essencialmente com movimentos dos joelhos, como correr, saltar, e outros.



        As causas


        Existem vários fatores que causam este tipo de lesão. Ao abrir e fechar o joelho, a parte inferior da banda passa por cima do côndilo femoral lateral, que é uma saliência óssea do fémur que está logo acima do joelho. Quando existe atrito entre estas duas estruturas, a banda iliotibial fica irritada e inflamada, causando dor. Erros praticados no treino, deficiente flexibilidade dos músculos abdutores da anca e deficiente alinhamento anatómico estão entre os fatores mais frequentes neste género de lesão. Existem ainda outros fatores que causam este tipo de lesão, como ter uns músculos tensos no quadril, pélvis ou perna, diferença de comprimentos entre as pernas, desalinhamento dos membros inferiores ou correr em superfície plana ou com calçados que causam muito desgaste na parte externa do calcanhar. Caracteriza-se pela dor ou sensação de picada, na parte lateral externa do joelho. A melhor maneira de evitar este tipo de lesão, é fazer os alongamentos corretos antes dos exercícios


 

        O diagnóstico


        O médico examina o joelho à procura de sensibilidade e de tensão na banda iliotibial.



        Tratamento

 


        Existem alguns métodos de tratamento para esta síndrome. A aplicação de compressas de gelo sobre a tira iliotibial por 8 minutos seguidos, com 3 minutos de pausa, repetindo o processo durante 20 ou 30 minutos. A repetição deste processo pode ser feita a cada 3 ou 4 horas, durante dois ou três dias ou até que a dor desapareça. Outro método de tratamento, é a massagem com gelo. Congele água num copo descartável, e rasgue a parte de baixo do copo, e esfregue o gelo sobre o joelho entre 5 e 10 minutos. Um médico pode aplicar uma injecção de corticosteróide para ajudar a diminuir a inflamação e a dor, e pode ainda receitar medicamentos anti-inflamatórios. O fisioterapeuta também recomenda que se façam alongamentos.



       O atleta pode retomar à actividade, quando?


 

       O objectivo da reabilitação do paciente é o retorno à actividade mais brevemente e seguro possível. O retorno precoce pode levar o atleta a ficar com danos permanentes. Cada atleta recupera de uma lesão à sua própria velocidade, ou seja, nem todos recuperam da mesma lesão ao mesmo tempo. Não existe um tempo exacto para a recuperação, mas é importante manter o apoio do médico ou fisioterapeuta. O que considera o médico para o retorno à actividade, por parte do atleta? O retorno acontece quando o paciente dobra e estica o joelho, sem sentir dor; o joelho e a perna recuperam a força normal, comparando com a perna e joelho saudáveis; o atleta consegue correr em linha recta, sem sentir dor ou sem mancar; não apresenta edema no joelho; o atleta consegue fazer viradas bruscas a 45 ou 90 graus; saltar com ambas as pernas e/ou saltar só com a perna lesionada, sem sentir dor.


       Artigos relacionados





 

 

 

 

 

 

Categories: Treino

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

1 Comment

Reply jose carlos
10:14 AM on August 25, 2014 
Gelo nao trata lesao nenhuma, apenas minimiza os sintomas mas depois que for tentar correr de novo ela reaparece e cada vez mais dispacacitante.
Por tudo que eu pesquisei o lance é parar de correr umas semanas, fazer alongamentos, quando parar de doer fazer exercicios para fortalecer gluteos e a IT Band... essa dor aí é terrivel e tem de ser tratada corretamente pois senao vira cronica.