Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

Carateristicas pessoais dos jogadores

Posted by Valter Correia on July 1, 2012 at 12:30 PM

       Além da preparação física existem características psicológicas que determinam o sucesso de um jogador. Um jogador pode ter grandes capacidades a nível táctico e técnico mas se, por exemplo, numa situação decisiva não souber lidar com a pressão pode desperdiçar a oportunidade. O rendimento de um jogador é maximizado quando este tem controlo sobre o seu lado emocional. Um jogador motivado, auto-confiante e consciente das suas capacidades demonstrará sempre melhor desempenho.

       Este artigo aborda algumas das características pessoais a nível psicológico essenciais num jogador.



       Humildade


       A humildade é uma característica muito importante num jogador. A humildade é definida como sendo a virtude que dá o sentimento exacto do nosso bom senso ao nos avaliarmos em relação às outras pessoas. Humildade e falsa modéstia são duas características distintas. Enquanto a humildade é caracterizada pelo reconhecimento exacto do próprio valor, a falsa modéstia é uma forma de se vangloriar fingindo ser-se inferior ao que na realidade se é. O que não quer dizer que não possamos reconhecer o nosso valor, podemos e devemos, apenas não nos devemos achar superior aos outros e que já sabemos tudo. Ser humilde implica reconhecer o seu valor mas ser capaz de admitir que ainda há muito para aprender.

       Um bom jogador também aprende com um jogador menos evoluído. É preciso reconhecer que cada jogador tem características mais definidas em certos pontos. Há jogadores que são melhores no jogo aéreo, outros no 1x1, outros no drible e por aí fora. Um jogador que não seja capaz de reconhecer que apesar de ter grandes capacidades, ainda pode evoluir mais, acaba por desperdiçar o seu próprio valor. Saber combinar as suas capacidades com as dos outros colegas é uma ajuda mútua na evolução dos vários jogadores.

       O futebol é um desporto colectivo, um jogador que se ache superior aos outros e que baseie o seu jogo maioritariamente em jogadas individuais está a prejudicar em muito a equipa. Enquanto desporto colectivo, o futebol exige que os jogadores tenham a capacidade de entre si, se entenderem em campo e saberem adaptar-se às características individuais de cada um.

      


        Companheirismo

 


       O companheirismo é definido pelo modo como convivemos com outras pessoas, envolve união, respeito, colaboração, compreensão e tolerância para com os restantes colegas.

       Uma equipa é composta por vários jogadores que trabalham como um todo para alcançar o mesmo objectivo. O modo como os jogadores se relacionam entre si também interfere no rendimento dos mesmos. Um jogador que se sinta posto de parte pelos restantes membros da equipa terá a sua confiança em baixo e não demonstrará o mesmo rendimento. Quando falamos em respeito não falamos apenas a nível cor da pele, de crenças ou de estatura física. Há que respeitar também as capacidades e dificuldades dos outros jogadores.

       É importante que se aceite que entre os vários jogadores cada um tem as suas capacidades, uns mais desenvolvidos que outros. Se houver compreensão entre os vários jogadores estes podem ajudar-se mutuamente no seu desenvolvimento.


       Determinação


       A determinação é definida como sendo o acto de permanecer convicto de um objectivo.

       A maneira como um jogador encara uma situação pode determinar o resultado que dela surge. Consoante o pensamento do jogador assim serão as suas atitudes. Por exemplo, numa situação em que um jogador parta para uma disputa de bola já convencido de que não vai conseguir a posse de bola provavelmente vai mesmo perdê-la, porque as suas acções vão ser de acordo com o que o jogador idealizou em mente e a atitude que vai demonstrar será nesse sentido.

       O objecto principal do jogo é a bola, e é nela que se deve concentrar a atenção do jogador.

       A concentração do jogador deve focar-se no que ele pretende e não no que não pretende. Quando nos concentramos em algo seja o que pretendemos ou o que não pretendemos, é nisso que estamos concentrados logo será isso que vamos obter.

       “Eu não posso perder a bola”, ao contrário do que teoricamente possamos pensar este é um pensamento errado em relação ao que na realidade pretendemos. O que deveríamos pensar e no qual nos deveríamos concentrar é no que pretendemos, logo, o pensamento correcto seria “Eu vou ganhar aquela bola”. Pensar no que queremos e não no que não queremos, caso contrário estaremos tão preocupados em não errar que é mesmo isso que acabamos por fazer pois foi nisso que nos concentrámos.


       Confiança


       A confiança é definida como sendo a capacidade de acreditar em alguém ou alguma coisa ou como uma convicção do próprio valor.

       Um jogador pode ter grandes capacidades mas se não for capaz de acreditar em si próprio e de demonstrar isso em campo desperdiça o seu próprio talento. É essencial que o jogador acredite nas suas capacidades e que tente demonstrá-las o melhor possível. Pode fazer toda a diferença no resultado de um jogo se o jogador estiver confiante e mostrar atitude, por exemplo, em bolas que teoricamente seriam mais difíceis de alcançar e nas quais o próprio adversário não acredita que o jogador arrisque, este pode criar situações de surpresa e de superioridade em relação ao adversário, ou até mesmo em situações mais decisivas, por exemplo na marcação de uma grande penalidade, onde recai grande pressão sobre o jogador e se este estiver confiante e consciente das suas capacidades terá mais facilidade em lidar com essa pressão.

       Esta confiança é essencial não só para o próprio jogador mas é transmitida aos restantes colegas tornando a equipa mais coesa.


       Resumo


  • O jogador dever reconhecer que apesar das suas capacidades ainda pode evoluir mais.
  • O jogador deve estar convicto do seu objectivo.
  • O jogador deve estar confiante e consciente das suas capacidades.
  • O futebol é um desporto colectivo, todos os jogadores que fazem parte da equipa trabalham para o mesmo objectivo, logo devem saber aceitar e respeitar as suas diferenças.
  • O futebol exige que os jogadores tenham a capacidade de entre si, se entenderem em campo e saberem adaptar-se às características individuais de cada um.


        Todas estas características contribuem, tanto a nível individual como colectivo, para reforçar as capacidades dos jogadores e tornar a equipa mais coesa.


       Este artigo foi enviado por: Susana Almeida


       Na sua opinião, o que devem fazer os jogadores de futebol, de forma a transmitirem uma imagem boa e humilde?


       Artigos Relacionados

 

Categories: Psicologia e Comunicacao

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

2 Comments

Reply Francielly
1:13 PM on February 11, 2016 
muito bom, me ajudou muito, mas poderia também ter as características físicas de um jogador!
Reply Cláudio
7:20 PM on January 17, 2013 
Excelente material, gostei tanto que irei trabalhar com meu grupo o qual estarei começando do zero para a disputa do estadual 2013.
Porém faltou a questão do medo, informar de onde vem; que não pode fazer parte do atleta de futebol e como le dar com ele. Apesar dela ter abordado a questão da confiança, sendo assim o medo em si merecia uma atenção.