Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

5 dicas extremamente importantes acerca palestras

Posted by Valter Correia on March 11, 2014 at 11:30 AM

       A maior parte dos sites de futebol tratam notícias ou publicam crónicas acerca jogos e jogadores. Encontrar conteúdo acerca treino, psicologia ou organização tática é mais difícil que encontrar uma notícia ou uma opinião pessoal. Também encontrámos sites de apostas, alguns deles com bastante qualidade e que ensinam como realmente ganhar dinheiro. Mas como o que é raro tem sempre mais valor, sites onde estudámos futebol são sempre os sites de maior interesse.

       Existem outros sites igualmente interessantes. Comunicação, Coaching são exemplos de assuntos que, apesar não tratarem futebol por si mesmos, são necessários para que os treinadores sejam capazes de exercer a sua função com qualidade. Saber falar, e saber fazer cumprir são coisas que nem todos os treinadores são capazes de fazer. Isso aprende-se, tal como se aprender a treinar e a ler o jogo.

       Existem várias formas de dar uma palestra. Claro está, existem várias variantes conduzir o sucesso da palestra. Para um treinador, se este lidasse com máquinas, seria bem mais fácil tecer uma estratégia de jogo, tecer rotinas e escolher um plano de jogo que aumentasse as hipóteses da sua equipa conseguir uma vitória. No entanto, futebol não é praticado por robots. É praticado por pessoas, o que torna o trabalho do treinador ainda mais difícil, mas interessante.





       1. Fale para a equipa

       Cada vez que for dar uma palestra, seja antes do treino ou do jogo, está a falar para pessoas que trabalham em conjunto dentro de campo. Então, nunca fale para cada um de cada vez, mas sim, fale para a equipa. Se durante o treino, o treinador tenta fazer os jogadores jogarem como uma equipa, porque não deve falar para eles como uma equipa? Porque motivo vai tecer um objetivo próprio, um objetivo para um jogador, outro objetivo para outro jogador, e por ai adiante? Se está a falar para um grupo, deve falar nos objetivos do grupo, deve usar a expressão "nós temos objetivos", ou então "nós vamos trabalhar". Existem momentos para falar pessoalmente com os jogadores, acerca os seus objetivos e problemas pessoais, mas não é no momento da palestra que vai falar disso.




       2. Motive os jogadores

       É mais fácil trabalhar com estratégia ou organização tática do que motivação, ponto. É fácil analisar uma partida e retirar as partes importantes que podemos melhorar na equipa, ponto. Difícil mesmo, é saber o que vai na mente de outra pessoa. É possível ter essa habilidade, mas os resultados são sempre difíceis de obter. Muitos treinadores podem até ter jogadores que os odeiam, e nem notam isso. Outros treinadores podem ter jogadores que os adoram, e não percebem isso, e por isso, não lhes reconhecem valor. Portanto, penalizar os jogadores de forma injusta, poderá causar mal estar no grupo. vamos supor que a equipa teve um jogo difícil, e jogou melhor que o adversário. Mas, o futebol, por vezes, é imprevisível, e nesse jogo, a equipa perdeu. Se o treinador, durante a palestra após-jogo, penalizar os jogadores, pode desmotivá-los, se eles entenderem que ele foi injusto. Enquanto líder, o treinador está no balneário para organizar e proteger os jogadores, orientando-os e motivando-os para fazer frente às dificuldades que surgem ao longo do ano. A palestra é uma das ferramentas que pode realmente fazer a diferença no balneário, e é difícil encontrar materiais na internet que refiram isso.




       3. A personalidade do treinador, também conta

       Neste momento, existem imensos estudos que procuram saber se as pessoas nascem com a liderança ou se essa deve ser estudada. Há pessoas que realmente demonstram capacidades para liderar, não só no futebol como em outras áreas da vida. Mas, a liderança deve ser sempre desenvolvida, sempre, independentemente se nascemos com ela ou não. A personalidade, ou seja, a forma como pensamos, agimos e sentimos o mundo, influencia o nosso relacionamento com as outras pessoas. Liderar é relacionar, e mesmo os líderes vão estar sempre ao mesmo nível dos liderados, porque só são líderes enquanto os liderados não virarem as costas. Nunca se defina como líder durante a palestra. Fale como se tivesse pouco poder na sua posição de líder, fale como se estivesse ali para ajudar os jogadores, não para mandar neles. Ninguém gosta de ser mandado, mas quase toda a gente aceita e/ou busca alguém que oriente o grupo a que pertence. O treinador que se preocupa apenas em ter jogadores com forma física invejável, pouco sucesso terá. Mas, um treinador, que desde cedo se preocupa em formar uma equipa, com estratégias, com objetivos, com ideias, pode não ter sucesso, mas as probabilidades de o conseguir, são muito maiores.





       4. Linguagem corporal, tem mesmo muito peso na palestra

       Se, para dar uma boa palestra, fosse apenas necessário falar, podia gravar o que queria dizer aos jogadores, utilizava um computador para passar a gravação e o efeito seria o mesmo como se o treinador estivesse presente. No entanto, palavras, tem apenas um pequeno peso numa palestra. A linguagem corporal tem um peso muito maior no que o dizemos, e é na linguagem corporal que devemos evoluir a forma como nos comunicamos. Por exemplo, se for pedir concentração, com mãos no bolso, com costas vergadas, vai ser difícil que as palavras entrem nos ouvidos dos jogadores. Agora, se o treinador movimenta os braços conforme fala, se tem o peito para forma e até a voz está firme, todas estas atitudes transmitem imensa confiança, e reforçam cada palavra dita pelo treinador, mas reforçam mesmo.

       5. Fale apenas do que pede o jogo

       Uma palestra não é feita para contar anedotas, nem falar dos problemas da vida. É feita para falar dos problemas do balneário. O treinador deve falar do jogo, do treino, dos objetivos, e dos problemas do grupo, tudo com vista a continuar o trabalho feito até ao momento. Uma época não se constrói uma semana. Demora um ano a ser completa, é influenciada pela época anterior e influencia a época seguinte. O tempo não pára, e o treinador não vai perder tempo a tratar de assuntos que em nada estão relacionados com o futebol.

       Conclusão

       Cada treinador tem os seus métodos de trabalho, e por muito boa pessoa ou boas intenções que possa ter, cada treinador é distinguido pelo seu método e pelos resultados que consegue obter. Geralmente, diz-se que as grandes equipas são feitas por grandes jogadores. Em caso de derrota, diz-se que a culpa é do treinador. É uma ideia um pouco estranha que eu tenho notado por ai. No entanto, existem regras ou princípios que auxiliam o trabalho do treinador. Estes cinco itens, são extremamente importantes para que o treinador faça palestras de sucesso, e é difícil desviar daquilo que hoje aqui foi escrito.


 

bet365

Categories: Psicologia e Comunicacao

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments