Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

Qual a diferenca entre treino e aquecimento?

Posted by Valter Correia on November 28, 2013 at 2:50 PM

     Qualquer um de nós já conseguiu uma lição importante em algum momento das nossas vidas, não sendo por isso, necessário realizar uma grande tarefa para aprendermos alguma coisa ou lembrar-mos de alguma coisa importante para as nossas vidaso nosso dia-a-dia. Recentemente, fui convidado por amigos meus para assistir a uma partida de futebol e obviamente não consegui recusar. Não pude deixar de reparar no aquecimento de uma das equipas: um aquecimento que parecia um treino. Eis a razão para publicar o artigo de hoje, explicando a diferença entre treino e aquecimento.


 

       Qual é a função do aquecimento?

 

       Sempre que o organismo entra em atividade, obrigatoriamente precisa estar quente. Uma das funções mais básicas do treino é o aquecimento, e ao mesmo tempo, é uma das funções mais importantes, e mesmo que o treinador seja mestre do treino, deve ser capaz de aquecer os jogadores corretamente, para que os jogadores estejam prontos para as atividades físicas intensas que envolvem o treino. O aquecimento no futebol é utilizado para aumentar a temperatura do corpo, criar ritmo cardíaco e sensorial, assim para esticar e relaxar os músculos. A partir do momento que o corpo está quente e os músculos estão ativos, não só previne o aparecimento de lesões como aumenta o rendimento do atleta.

 

       Desta forma, o aquecimento deve ser utilizado para preparar o organismo do atleta para atividades com maior índice de estímulos, como o treino ou jogo. Criar exercícios muito intensos durante o aquecimento é escusado, e pode até ser um erro, uma vez que neste ponto, os jogadores ainda não estão prontos para alta intensidade. Lembro que o objetivo é criar ritmo nos jogadores e no organismo dos mesmos, e não desenvolvê-los. E quando refiro organismo, refiro corpo e mente.




       Qual é a função do treino?

 

       Tanto o aquecimento como o treino são compostos por exercícios, estímulos e atividade física, mas é o objetivo e a quantidade de exercícios, estímulos e atividade que diferenciam ambos. O aquecimento serve para preparar o atleta para o treino, e o treino serve para desenvolver o atleta, com altas intensidades de atividade.

 

       Através do treino podemos desenvolver os atletas, utilizando este conceito de estímulos elevados. Se o exercício utilizado for mais complexo que o real nível do atleta, o esforço que este faz para cumprir os requisitos do exercício é suficiente para obrigar o próprio organismo a desenvolver por si mesmo. Por exemplo, num exercício tático que obrigamos os jogadores a pensar muito rapidamente e repetido várias vezes, obriga os jogadores a pensar o jogo por várias vezes. Estes aprendem a reconhecer cada situação do exercício rapidamente e começam a ler o jogo mais rapidamente, tomando decisões rapidamente. Existe então uma relação de causa-efeito.


 

 

       Qual a relação entre treino e aquecimento?

 

       O treino, que podemos acrescentar a competição, é composto por elevados níveis de estímulos, representando atividade muito elevada. A este nível, qualquer músculo que não esteja quente o suficiente e seja comprimido ou estendido muito rapidamente pode lesionar-se facilmente. Então devemos utilizar o aquecimento, que é composto por baixos níveis de estímulos, para preparar os jogadores, e utilizar o treino, composto por altos níveis de estímulos, para desenvolver o atleta. Concluindo, utilizar um exercício de finalização (todos os jogadores entram e apenas dois estão em atividade de cada vez e os restantes à espera), no aquecimento pré-jogo, foi o exercício que me levou a escrever este artigo. Relembro, os jogadores são para aquecer antes de treinar ou jogar, e o aquecimento deve servir para preparar os jogadores para as atividades físicas intensas, sejam estas o treino ou competição.


       Artigos relacionados



bet365

Categories: Treino

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

1 Comment

Reply Pedro Santos
4:35 PM on December 19, 2013 
Boa noite Valter,
Gosto sempre de ler os seus artigos, e como em tudo em alguns se concorda noutros nao tanto. Este artigo é um daqueles que penso existir varias opiniões correctas. O seu ponto de vista que é para "acordar" o corpo e iniciar o ritmo cardíaco etc. é correcto (na minha maneira de abordar o tema) mas penso que dentro do aquecimento se deve procurar algo de acordo com o treino(aqui estamos em desacordo), é mais um momento para assimilar as ideias para o jogo, na minha opinião o aquecimento para alem do estimulo fisico é tambem psicológico/mental, se a equipa tem um plano para o jogo o aquecimento deve ir ao encontro do jogo (logo é treino) , se sabemos que se vai jogar directo durante o jogo e existir muitos lances pelo ar, deve-se no aquecimento preparar todos esses momentos, obvio e ai concordo , sem intensidade alta e contacto de risco, mas de forma a preparar mentalmente aquilo a que os jogadores irão ter pela frente.

Cumprimentos