Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

Aprenda a motivar os jogadores com 6 dicas especiais

Posted by Valter Correia on September 4, 2013 at 5:05 PM

       Muitos dos nossos leitores conhecem a nossa comunidade através dos artigos de Psicologia e Comunicação. Assuntos como Liderança e Motivação são sempre assuntos muito pesquisados na internet, e desta forma, decidi lançar algumas dicas muito importantes e essenciais para manter um bom nível de motivação dentro do plantel.

 

       Imensa gente procura ideias para motivar a sua equipa, seja esta de futebol ou de outra modalidade qualquer. Uma das perguntas mais frequentes que encontramos por ai é "como fazer um discurso motivador?". Um discurso motivador, apenas terá efeito nos jogadores, se estes já se encontrarem motivados. É como relembrá-los que são capazes de entrar em ação e fazer as coisas bem. Porém, mesmo o melhor discurso do mundo não terá motivação se o jogador foi mal treinado durante a semana. Experimente motivar um atleta que não jogou nem está preparado para jogar. Pode sentir-se motivado por algum tempo, mas é muito provável que não esteja realmente motivado, pois existe uma grande diferença entre estar motivado e sentir-se motivado. Através destas 6 dicas, vamos explorar algumas dessas "armas de motivação"

 


       Primeira dica - Elogie imenso

       O elogio é uma das mais fortes armas da motivação e da boa relação entre vários indivíduos. Elogiar os outros fará eles oferecerem um pouco mais daquilo que nós elogiamos. É um comando psicológico muito utilizado, que penetra no inconsciente do indivíduo, levando-o a reconhecer o que está certo ou errado. Por exemplo, vamos supor que vamos treinar dois jogadores em dois exercícios iguais. A um jogador, elogiámos sempre que ele faz algo bem. Ao outro jogador, não elogiamos nada. Pode ter a certeza que o jogador que elogiou evoluirá muito mais depressa que o outro jogador.

 

 




       Segunda dica - Tenha uma forma de trabalhar

       Não adianta pedir o esforço de ninguém se não mostrar primeiro como fazer. Não adianta pedir aos jogadores para jogar de determinada forma, se ainda não aprenderam a jogar dessa forma nem são orientados para jogar dessa forma. Se pretende ter os jogadores a jogar motivados, faça-os perceber como deseja que eles joguem e treine-os para isso. Apenas o treino por objetivos, fazendo-os evoluir e fazendo ver um objetivo na sua evolução pode ter sucesso na motivação dos atletas, pois os jogadores sempre fazem a pergunta "Para quê?". Se tiverem a resposta, estarão motivados, podem estar certos disso.

 


       Terceira dica - Esqueça as frases dos outros vencedores

       A não ser que saiba utilizar corretamente uma frase que encontrar por aí, nunca repita nenhuma frase de nenhum vencedor. Se disser uma ou outra vez, não faz mal algum, mas se repetir várias frases de vários vencedores quando está a tentar motivar os seus atletas, muitos deles reconhecerão essas frases, e verão o treinador como um sonhador e não como um lutador. A diferença é que um sonhador não vence. E nenhum liderado profissional pretende ter um líder que sonha um dia ganhar alguma coisa.

 


       Quarta dica - Mantenha os pés firmes

       Não estou a dizer para ser rabugento ou ignorante naquilo que os jogadores pedem. Deixe-os falar, e se não gostar da ideia apenas diga não e apresente uma razão muito simples para rejeitar a ideia. Desta forma, o jogador saberá que o treinador o ouviu (equivale a sentir-se valorizado) e reconhecerá quem é o líder do grupo (não passará dos limites). Muitas vezes parece que as pessoas nos testam naquilo que nós fazemos. Uma ideia, pode ser um desses testes, e se responder mal, perderá algum valor para essa pessoa. Ficar calado, por vezes não ajuda. Neste caso, se uma ideia é realmente um teste, rejeitar a ideia representa manter o comando do grupo, que significa passar no teste que o jogador lhe fez. Recordo, testes partem na grande maioria do inconsciente das pessoas

 




       Quinta dica - Oiça Pink Floyd, obrigatoriamente

       Não estou a brincar. Cada um de nós tem um estilo de música favorito. Pink Floyd é um dos meus favoritos, que oiço várias vezes quando estou a escrever artigos ou a organizar a minha vida pessoal ou profissional. Por acaso até escrevo este parágrafo ao som de Pink Floyd - Wish You Were Here (2011 - Remaster). Aquilo que eu aconselho mesmo é gozar os seus momentos sozinho ao sim de uma boa música enquanto organiza a sua vida. Isso recarregará as suas energias e o fará ir para o treino com mais confiança. É esse o segredo.

 


       Sexta dica - Não desperdice um minuto de trabalho

       Um líder é um comandante de um grupo, e o grupo será construído à sua imagem. Se o líder é batalhador, o grupo também o será. Um treinador, se chegar mais cedo que os jogadores para preparar o treino, está a garantir que os jogadores, mal pisam o relvado, vão treinar, evitando desperdiçar energias e tempo a desenhar exercícios no campo por parte do treinador, assim como em brincadeiras por parte dos jogadores. É muito vantajoso ser bem organizado no trabalho, de forma a não perder minutos preciosos que podem ser utilizados a treinar os jogadores. E como sabemos, o tempo para os treinar já é pouco. Garanta que os jogadores, desde que entram no relvado até saírem, joguem à bola.


       Artigos relacionados


bet365

Categories: Psicologia e Comunicacao

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

2 Comments

Reply Arnaldo Gamonal
10:29 AM on October 15, 2013 
sinceramente o Sr. Valter Correia alem de ser um excelente profissional do futebol como vem demostrando atraves das grandes davidas como são seus artigos, é um excelente cativador de leitores , pela forma tão simples e claras como os redige
Reply vitor rette
4:34 PM on October 13, 2013 
obrigado pelos conselhos