Teoria do Futebol

Tudo sobre Futebol, os metodos, os conceitos, os princípios, 
os processos e toda a organização tatica do futebol!

Artigos

Diferentes razoes para as equipas formarem triangulos no campo

Posted by Valter Correia on July 27, 2013 at 7:05 PM

       Hoje, voltando ao nosso estudo habitual acerca do futebol, vamos rever as triangulações em três situações diferentes: em vantagem numérica, em igualdade numérica e desvantagem numérica. Podíamos rever dezenas de combinações diferentes mas, a importância mesmo será compreender o que geralmente sucede quando a nossa equipa está em vantagem ou desvantagem numérica, e porque razão os princípios gerais indicam que a equipa deve criar vantagem numérica. Antes disso, vamos estudar algumas questões certamente importantes.


 


       Qual a vantagem de formar triângulos no campo?

 

       Quando formamos vários triângulos no campo ou no centro do jogo, garantimos sempre que a equipa pode entrar em contenção ou cobertura defensiva após perder a bola na maioria das situações, que temos imensas linhas de passe, temos sempre uma linha de passe principal e um jogador de apoio, assim como estamos aptos para jogar em largura ou profundidade, de acordo com a situação. Se o modelo de jogo colocar todos os jogadores a jogar em triângulos, é praticamente garantido que haverá linhas de passe em todas as direções e que a equipa será difícil de marcar.


       Artigos qu vale a pena ler:

 

       Todos os jogadores devem saber jogar em triângulos?

 

       Obviamente. Triângulos não são mais do que combinações táticas diretas e indiretas. Combinações táticas permitem resolver uma situação de jogo através de movimentações em largura e profundidade, como também levar a equipa a criar desequilíbrios na organização defensiva adversária. Por exemplo, através de uma combinação tática direta, podemos ultrapassar um jogador no centro de jogo, mas ultrapassar ao mesmo tempo vários jogadores que deixarão de úteis ao adversário caso não se movimentem imediatamente.


 

       É possível uma equipa fazer sucesso desportivo sem ter um modelo de jogo com triângulos?

 

       Pessoalmente, duvido. A formação de triângulos eleva muito o número de opções do portador da bola, cria desequilíbrios na organização defensiva adversária, permite à nossa equipa acelerar o jogo, e por aí fora. As vantagens são muitas. É claro, possível criar um modelo de jogo sem combinações táticas, mas será um modelo de jogo muito estático e previsível, e mesmo que ofensivo, não terá grandes resultados. Pode ser que esse modelo de jogo exista, através das bolas longas por exemplo, mas pelo menos eu não acredito que isso é organização coletiva

 


       Triangulação em vantagem numérica

 

       Uma situação 3x1 ou 3x2, é sempre muito fácil resolver, pois o portador da bola tem sempre uma opção disponível: ou progride, ou passa a bola. No entanto, não basta o portador da bola ser bom a tomar decisões. Apesar dos seus companheiros não terem bola no pé, a sua função passa pela movimentação em largura ou profundidade para criar desequilíbrios. Isto quer dizer que para uma combinação tática tenha sucesso, todos os jogadores precisam estar em sintonia com as decisões que tomam assim como as realizar em conjunto. Por exemplo, se o portador da bola progride com a bola, os seus companheiros de equipa devem acompanhar a sua movimentação, caso contrário acabam marcados pelos oponentes e o espaço de jogo fica muito fechado.




 

       A situação anterior é muito fácil de resolver. Aos apoios, basta se movimentarem em largura ou profundidade, dependendo do contexto. Se o marcador ao portador da bola estiver muito próximo deste, os apoios devem movimentar-se em largura, oferecendo linhas de passe. Se o marcador ao portador da bola estiver muito longe deste, então o portador da bola pode progredir com a bola e os apoios acompanharem em movimentação de profundidade, levando a bola para longe da própria baliza e aproximando a mesma da baliza adversária.


       Triangulação com igualdade numérica

 

       Estas situações apresentam dificuldade maior, e por isso os jogadores precisam de mais ferramentas para conseguir progredir com a bola. Cada um dos jogadores tem um marcador direto, ou se um deles estiver livre, significa que outro jogador está fortemente marcado. Nestas situações, a movimentação em largura e profundidade é ainda mais importante, assim como a habilidade no passe e a segurar a bola deve ser também muito elevada pelos nossos jogadores. Vejamos esta situação:




 

       Nesta situação, cada jogador tem o seu oponente direto. O portador da bola deve ser hábil a controlar a bola, os seus colegas de equipa devem ser hábeis na movimentação no espaço, e todos devem ser hábeis a passar e a receber a bola. Uma vez que não há espaço, certamente que o adversário não vai oferecer espaço para a nossa equipa progredir, mas sim, vai tentar roubar a bola. E quando tenta roubar a bola, é o momento certo para criar desequilíbrios. Nesta situação, sabemos que é muito difícil progredir, pois o espaço está fechado. Então, vamos resolver esta situação em largura, criando espaço no meio dos apoios. Estes dois jogadores movimentam-se em largura, obrigando os seus marcadores diretos a segui-los. O espaço está criado, mas falta ainda criar uma forma de o explorar. O portador da bola irá também desmarcar-se do seu oponente direto, também em largura. Agora, tanto pode surgir espaço para o portador da bola progredir com a bola no pé pelo espaço livre, como um dos apoios pode entrar nesse espaço para receber e progredir.


       Triangulação com desvantagem numérica

 

       Quanto mais difícil é a situação, mais ferramentas precisam os jogadores para a resolver, assim como necessitam que essas ferramentas sejam de qualidade. Numa situação de desvantagem numérica, todos os jogadores tem marcação, e haverá sempre pelo menos um jogador com dois opositores diretos. Nesta situação, os jogadores da nossa equipa precisam ser mesmo muito hábeis no passe, receção, controlo de bola, movimentação no espaço mas, acima de tudo, jogarem extremamente coordenados. Há quem defenda exercícios cujos atacantes são apenas dois ou três, e tentam tirar vantagem contra seis ou sete defesas. Parece um exercício muito difícil, mas os atacantes aprendem a resolver essas situações de forma rápida e coordenada. Voltando ao tópico:

 




       Na situação, o portador da bola está fortemente marcado por dois oponentes. Isto quer dizer que não tem espaço para se movimentar com a bola, e se tentar progredir, facilmente perderá a bola. Os jogadores precisam resolver esta situação, por exemplo, "rodando o triângulo". Vejamos o esquema: situação 3x4, com portador da bola com o pé direito como o mais forte. Certamente que será mais fácil segurar a bola com o lado esquerdo do corpo para o adversário enquanto os apoios se movimentam na mesma direção. Se fosse para o lado contrário, o portador da bola teria a bola de frente para os adversários e o risco seria muito elevado. Na figura B, por algum período de tempo, surgiram duas soluções diferentes: ambos os apoios têm algum espaço para receber devido à sua movimentação. O portador da bola deve ser rápido a decidir se pretende continuar a segurar a bola, se acelera o jogo passando para o apoio em sua frente ou se liberta a bola da zona de pressão, passando a mesma para o apoio posicionado em largura.

 




       Conclusão

 

       Quando os jogadores estão bem posicionados e sabem passar bem a bola, é fácil resolver as situações onde encontramos oponentes diretos para então criar situações favoráveis à finalização. Apresentamos aqui algumas soluções, embora existam imensas formas de resolver uma combinação tática. O importante, é que a equipa esteja coordenada para as fazer, e tenha ferramentas para as fazer, como passe, receção e desmarcação. Este já foi um assunto muito falado, mas a equipa do FC Barcelona já passou por tantas situações como estas nos treinos e nos jogos, que cada jogador demora nem meio segundo a analisar se a situação é de desvantagem numérica ou vantagem numérica. A partir daí, todos os jogadores desenham mentalmente uma solução e movimentam-se para resolver essa situação. Mesmo que todos os jogadores não tenham a mesma ideia naquele momento de resolver aquela situação, facilmente chegam a um consenso, e a isso eu chamo, de coordenação.

 

 

bet365

Categories: Observacao e análise

Post a Comment

Oops!

Oops, you forgot something.

Oops!

The words you entered did not match the given text. Please try again.

Already a member? Sign In

0 Comments